Ética no ambiente de trabalho - ARQUIVOS, NOTÍCIAS E MERCADO
  • Ética no ambiente de trabalho




    Em se tratando de ética no ambiente de trabalho, é o conjunto de práticas que relaciona a adequação ao exercício de qualquer profissão, sendo fundamental para alcançar boas relações interpessoais, visando o respeito e bem-estar no ambiente profissional.

    Ao falar em componentes da ética na profissão de comunicação, deve se ter em conta os princípios que norteiam a vida humana, e indispensável para um bom convívio social, são eles:

    • ·         Honestidade: É o preceito básico para se ter boas relações pessoais e profissionais no ambiente de trabalho. A verdade por mais dura que seja deve ser dita, pois dela depende o sucesso do indivíduo.

    Exemplo: Falar ao cliente que a peça publicitaria não está de acordo com a visão da criação.

    • ·         Sigilo: Dados confidenciais e restritos a empresa, funcionários, superiores e outras informações relevantes não deve ser compartilhada fora e as vezes nem dentro da agência.

    Exemplo: Alguma peça em off que por razões pessoais e contraditórias não deve ser publicada e algum funcionário postou na rede sociais.

    • ·         Prudência: Respeitar as relações de trabalho quanto aos colegas e na realização das tarefas, não ofender ou criticar a tarefa do amigo sem merece-la, ser objetivo e correto na realização de cada etapa de trabalho.

    Exemplo: Achar que sua ideia é mais importante do que a do outro e despreza-la, pois, a união de todas as ideias é que formam um bom trabalho.

    • ·         Humildade: É saber falar e ouvir as pessoas, perguntar quando surge dúvidas, ser modesto e respeitar os subordinados e hierarquia da empresa, reconhecer seus erros e fazer deles um aprendizado para fazer sempre o melhor.

    Exemplo: Quando uma campanha não for aprovada, ver onde errou e aperfeiçoar ainda mais o trabalho, desanimar jamais.

    • ·         Imparcialidade: No ambiente profissional, na visão da ética, todos devem ser tratados igualmente, independentemente da posição que ocupa, isto é, deve haver uma neutralidade, sem protecionismo, quando surgir problemas e entraves na agência envolvendo pessoas.

    O foco deve ser na atitude, no fato, no acontecimento e nunca na pessoa, enfim, deve separar sem discriminar.

    Exemplo: Proteger parente ou conhecido que errou em determinada tarefa ou por relações onde a amizade extrapola os níveis de profissionalidade.

    • ·         Competência: É o conjunto de habilidades, atitudes e conhecimento que o profissional adquire com experiências e que deve ser praticada nas resoluções de problemas e mobilizar para tomar decisões importantes, envolve também compromisso, a organização e capacidade de ajudar os outros.

    Exemplo: Quando um projeto ou peça impressa encontra erros e conciliar com o cliente e as decisões para manter o cliente é imprescindível o papel de um profissional competente.

    Ser ético vale para todos, atitudes inadequadas abalam o clima organizacional, prejudicando a equipe e produção.
    Focalizar nesses princípios é prioridade em qualquer agência ou no âmbito da comunicação, pois as palavras chave RESPEITO E RESPONSABILIDADE caminhando juntos são requisitos para que o sucesso pessoal e profissional venha se emergir.
  • You might also like

    Nenhum comentário :

    Postar um comentário